DOMÓTICA

A palavra “domótica” vem do acrónimo (DOMus infOrmaTICS), ou seja, “information technology in the home”. O termo “domótica” aponta para a definição de um sistema de automatização residencial. Consiste na possibilidade de utilização automática de todos os dispositivos que sejam passíveis de serem ligados electronicamente (e.g.: portas e portões automáticos, estores eléctricos, televisões, videoprojectores, sistemas de iluminação, sistemas de som, sistemas de aquecimento, sistemas de segurança e CCTV, cinema em casa, etc.).

Business Domotics

A domótica é muito mais que a automatização residencial e, ao aplicar-se a ambientes profissionais, oferece uma qualidade de trabalho significativa através do aumento do desempenho operacional. A integração e controlo da iluminação, controlo de acessos, sistema de marcação de salas, sistema de som, monitores e/ou videoprojectores, videoconferência e outros dispositivos é actualmente possível através da instalação de sistemas de controlo de vários níveis de qualidade técnica e funcional.
A “automatização” dos espaços de utilização profissional oferece aos colaboradores de qualquer organização a possibilidade de se “esquecerem” que precisam ligar os dispositivos para realizar uma reunião numa determinada sala, ficando esse “trabalho” a cargo do sistema de domótica que, ao identificar o colaborador através do seu cartão de entrada na sala, “ajeita” todos os dispositivos à medida do seu utilizador. Basta que o cartão de colaborador que abre a porta da sala ou que um dos dispositivos do utilizador (computador, tablet ou telemóvel) entrem na mesma para que seja enviada a informação que permite ao sistema de domótica saber quem lá está e fazer com que a sala se ajuste para concretizar a reunião, tal como mencionado anteriormente. Ao enviar a informação do utilizador da sala para o sistema de controlo de domótica através de sensores e, estando esta previamente configurada para o seu utilizador, quando este se senta para iniciar a reunião, tudo está devidamente pronto para o seu início e, na maioria das vezes sem recorrer à ligação de qualquer cabo.
No caso de se considerar um sistema de características passivas, o colaborador deverá acionar um botão no seu computador, tablet ou telemóvel para ligar o dispositivo que pretende usar ou para utilizar as suas funcionalidades (e.g.: ligar a televisão, mudar de canal e controlar o som com o telemóvel). Note-se que, em qualquer das possíveis soluções poder-se-ão configurar as funcionalidades de qualquer dos equipamentos integrados, ou seja, todas as funcionalidades do comando da televisão podem ser configuradas no software de domótica.

Domótica Residencial - As vantagens de uma residência automatizada

A automatização residencial tem aumentado de popularidade nos últimos tempos. Uma das grandes vantagens de uma residência automatizada consiste na facilidade com que cada funcionalidade de cada dispositivo pode ser executada através do computador, tablet ou telemóvel. Antes de se definir qual a solução de domótica mais adequada para uma residência e para as suas necessidades familiares é importante que se verifiquem as funcionalidades relacionadas com os sistemas de segurança e protecção do imóvel.

Sistema de domótica residencial

Image

Os sistemas de automação de residências são constituídos por hardware, software, sistema de comunicação e interfaces que trabalham integrados entre si e possibilitam, por exemplo, “apagar a luz da sala através do telemóvel a 30 quilómetros de distância porque recebi uma mensagem a dizer que a luz tinha ficado acesa depois de fechar a porta e sair de casa”. O software oferece também a possibilidade de configurar as funcionalidades dos dispositivos que enviam as mensagens para a execução das tarefas dos dispositivos na residência (e.g.: permitir que o telemóvel tenha acesso às luzes que estão acesas). Os elementos chave de um sistema de domótica são:

  • Sensores
  • Controladores
  • Actuadores
Os sensores podem identificar mudanças de luminosidade, temperatura ou movimento, havendo a possibilidade do utilizador ajustar qualquer um deles.
Os controladores consistem nos dispositivos (computador, tablet ou telemóvel) usados para enviar ou receber as mensagens sobre o estado dos equipamentos que estão instalados na residência e que têm o protocolo de comunicação configurado.
Os actuadores podem ser interruptores, motores ou válvulas motorizadas que controlam um mecanismo que esteja ligado ao sistema de domótica (e.g.: estores eléctricos).

Quais as funcionalidades disponíveis através de sistemas de automação residencial?

Existem inúmeros sistemas de automação que oferecem uma vasta variedade de funcionalidades integradas. Algumas funcionalidades consistem no controlo remoto da iluminação da casa, controlo das câmaras de vigilância (CCTV), controlo dos estores eléctricos e controlo dos equipamentos audiovisuais instalados na residência (e.g.: televisão, videoprojector, sistema de som ambiente, etc.). Para além das funcionalidades, os proprietários das residências com domótica poupam significativamente no que diz respeito ao controlo de energia (e.g.: desligar o ar condicionado ou luzes quando não há ninguém na sala, reduzir a intensidade da iluminação consoante a hora do dia, desligar as luzes ou equipamentos eléctricos após “dar a saída” da residência, etc.).
Quais os benefícios da domótica residencial?


  • Poupança de dinheiro através da automatização de dispositivos eléctricos controlados pelos sensores de temperatura e luminosidade;
  • Aumento de segurança, conforto, eficiência energética e bem-estar;
  • Poupança de tempo, trabalho e energia;
  • Aumento permanente de funcionalidades através do desenvolvimento tecnológico;
  • Diminuição dos custos de aquisição de um sistema integrado;
  • Aumento da facilidade de instalação.

O cliente em primeiro lugar

O cliente deverá estar descansado com qualquer solicitação que fará à SecretScreen, sendo que a solução proposta figurará como uma certeza de funcionamento ajustada às suas necessidades. Desde a fase de elaboração da proposta, o cliente tem noção dos equipamentos e das respectivas funcionalidades, devendo solicitar todas as dúvidas necessárias referentes à solução que será proposta.